segunda-feira, 29 de março de 2010

Passaria dias e dias falando de você, menina bordada de flor, mulher com a cara pintada,
és tão bela, tão singular e plural ao mesmo tempo. Aquela que liberdade grita, que vontade
de viver determina. Carinho certo, onde eu sei que posso correr a qualquer momento. Te
guardo aqui dentro rodeada de sentimento tão bonitos e sinceros, com todo o meu amor
e minha vontade de te ver sorrir, esse sorriso que trás um mundo consigo, esse brilho no
olhar que ilumina vidas, dias, pessoas, lugares... Tua casa, minha casa, onde você abriu pra
mim e disse: vem, seja bem vinda! E eu como nunca havia tido antes, a maior certeza de
todas, ela vai comigo pra onde eu for.

"Meu coração tá aberto
E as minhas malas desfeitas
Eu não vou embora tão cedo... "

4 comentários:

  1. chorei por dentro, inteirinha. que coisa maravilhosa esses sentimentos estampados assim, pra todo mundo ver. essa demonstração inesperada que sempre consegue me deixar bobinha... achei lindo a "mulher com a cara pintada" e "esse sorriso que trás um mundo consigo". marcas que eu tanto tento transmitir pra nunca deixar escapar nenhum pedacinho de energia que preenche meu coração. é.. acho que mais uma vez consegui :D

    ResponderExcluir
  2. Que texto maravilhoso..
    Beijos

    ResponderExcluir